Cesto vazio


© Ecomuseu Municipal do Seixal